Ser Feliz (ebook)

Ser Feliz (ebook)

Author: Daniel Marques
$2.99
Descrição

Nem sempre a felicidade é algo claro para a maioria das pessoas. Para alguns, a felicidade é passageira e momentânea. Para outros, a felicidade consiste no amor e só pode existir quando um relacionamento duradoiro, que nos desperta tais emoções, está presente. Para outros ainda, a felicidade é uma autoconcepção intelectual que pode estar desprendida do espírito.

Title Ser Feliz (ebook)
Author Daniel Marques
Type ebooks

Nem sempre a felicidade é algo claro para a maioria das pessoas. Para alguns, a felicidade é passageira e momentânea. Para outros, a felicidade consiste no amor e só pode existir quando um relacionamento duradoiro, que nos desperta tais emoções, está presente. Para outros ainda, a felicidade é uma autoconcepção intelectual que pode estar desprendida do espírito.

E, em suma, “a felicidade é o significado e propósito da vida, todo o princípio e fim da existência humana” (Aristóteles). A felicidade é,sobretudo real e pode ser facilmente sentida por qualquer pessoa.

A felicidade obedece a um conjunto de parâmetros que devem ser verificados para que se manifeste. Alguns seguem a manutenção de paradigmas positivos, outros a reformulação de negativos. Mas, em última instancia, é no autodesenvolvimento integral do ser humano que a felicidade se pode mostrar estável e duradoira.

Quanto mais significativos e estáveis forem os nossos objetivos de vida, quanto mais nos conhecermos e conhecermos o que nos desperta emoções positivas, tanto mais saberemos o que nos faz felizes.

Não é o mundo que nos faz feliz, mas antes a nossa relação com este. E, nunca ninguém nos fará feliz ou infeliz, tanto quanto nós lhe permitirmos isso[…]”
Capítulos

  1. A tristeza
  2. O pensamento negativo
  3. O ódio
  4. A polaridade do mal
  5. O controlo da vida
  6. Os parâmetros da felicidade
  7. O propósito existencial
  8. O medo
  9. A socialização
  10. A transformação existencial

A tristeza
“Ser feliz. É um modo de ser sábio.” Sidonie Gabrielle
A origem da tristeza, e consequente depressão, no ser humano ocorre sempre que surgem frustrações em relação ao modo como vive a vida. Tais frustrações são progressivamente acumuladas, pelo que, numa fase inicial da vida, o indivíduo poderá se mostrar com energia suficiente e motivação para ultrapassar os problemas, mas, logo que a quantidade de frustrações aumenta, tal potencial diminui.
A frustração ocorre a partir de ciclos inacabados, quando nos predispomos a atividades que não conseguimos terminar ou nas quais não conseguimos ser bem sucedidos. Surge também, de igual modo, quando atingimos o culminar de uma qualquer atividade de ordem material ou superficial, que não nos trouxe qualquer felicidade pessoal.
A nossa existência é construída baseada em falsos pressupostos sociais, tais como, que a origem da felicidade encontra-se no atingir de objetivos associados com poder e melhor imagem social, i.e., ter uma casa, ter filhos, ter um bom carro e um bom salário.
Regra geral, mesmo quando já os temos, passamos o tempo dedicando-nos à melhoria das posses, porque acreditamos que disso depende a nossa felicidade pessoal. Não obstante, nunca estamos realmente satisfeitos. Queremos sempre uma casa maior, fazer dos filhos mais inteligentes, um carro melhor e um salário mais elevado. A ansiedade por tudo isso cresce tanto mais quanto não consigamos visualizar resultados e melhorias, mas também em função do decair dos nossos níveis de felicidade.
É frequente ainda, quando nos encontramos satisfeitos com a concretização dos nossos objetivos, ficarmos infelizes por nos sentirmos enfadados com a vida. Nestes casos, poderemos construir problemas que dinamizam a nossa vida, permitindo-nos acreditar que os objetivos iniciais não estão cumpridos, como, por exemplo, separações para recomeçar novas aventuras amorosas, acidentes[…]

Quando você compra o nosso livro, recebe todas estas variantes pelo mesmo preço:

EPUB, PDF, MOBI.

Advertisement